Fórum:   
Esqueceu?
Guia do Marceneiro
FERRAGENS PARA MARCENEIROS E MARCENARIAS - LOURO VERMELHO
 
LOURO VERMELHO
Nome Científico:
Nectandra rubra (Mez) C.K. Allen., Lauraceae.

Outro nomes e Espécies Afins:
Louro-Rosa, Louro-Gamela, Gamela, Canela-Vermelha, Louro-Canela, Louro-mogno, ltaubão, Mogno-tabasco-falso.
Nenhuma outra espécie assemelha-se a Nectandra rubra. Sinonímia: Ocotea rubra.

Nomenclatura Estrangeira:
Determa (Guiana, Honduras); Wana (Guiana); Red Louro (Guiana, Grã-Bretanha);
Baaka, Bewana (Suriname); Grignom-Rouge (Guiana Francesa)

Descrição da Árvore:
A árvore atinge em média de 20 a 30 m de altura e de 60 a 90cm de diâmetro. Sua casca é fina e integra, de tom avermelhado.
Apresenta amplas sapopemas, obtendo-se toras comerciais com 12 a 25 m de comprimento.

Características da Madeira:
O cerne apresenta coloração que varia do castanho-avermelhado ao castanho-alaranjado.
Sua superfície é irregular e lustrosa; textura média e com grã direita ou diagonal. Gosto e cheiro imperceptíveis.

Região de Ocorrência:
O Louro-vermelho é próprio das matas de terra firme; freqüente no baixo Amazonas, comum na região de Belém e do Amapá até as Guianas.

Propriedades Físico-Mecânicas:
A madeira é pesada, razoavelmente durável, recebendo a classificação média quanto à retratibilidade e a resistência mecânica.

Massa específica g/cm³ kg/m³
Aparente(15% de umidade) 0,77 770
Básica 0,62 620
Retração Total Radial Tangencial Volumétrica
(%) 4,0 10,0 15,9
Índice tangencial/radial = 2,50
Resistência Mecânica (kgf/cm²) Madeira Verde A 15% de umidade
Compressão axial 363 505
Flexão estática 729 957
Tração normal 70 -

Comportamento Durante a Secagem:
A secagem ao ar livre é lenta e com tendência a empenamentos e rachaduras.
A secagem artificial também é lenta, podendo ocorrer encroamento e rachaduras internas se as condições do processo forem drásticas.
Esta dificuldade na secagem é decorrente da presença de óleos essenciais na madeira.

Programa de secagem sugerido para madeira de LOURO-VERMELHO com até 38 mm de espessura.
Umidade Ts (°C) Tu (°C) UR (%) UE (%) Potencial
aquecimento 50,0 49,0 95 21,5 -
até 50 50,0 48,0 89 18,0 3,1
50 50,0 47,0 84 15,8 3,1
40 50,0 46,0 79 14,0 2,9
30 55,0 49,5 73 11,7 2,6
25 65,0 58,0 68 9,9 2,5
20 70,0 59,0 59 8,0 2,5
15 70,0 54,0 45 6,1 2,5
10 70,0 46,0 27 4,1 2,5

Programa de secagem sugerido para madeira de LOURO-VERMELHO com espessura de 40 mm a 65 mm.
Umidade Ts (°C) Tu (°C) UR (%) UE (%) Potencial
aquecimento 40,0 39,0 94 21,6 -
até 50 40,0 38,5 91 19,8 2,5
50 40,0 38,0 88 18,3 2,7
40 40,0 37,5 85 17,0 2,4
30 45,0 41,0 79 14,2 2,1
25 55,0 49,0 71 11,3 2,2
20 65,0 56,5 63 9,1 2,2
15 65,0 51,5 49 6,8 2,2
10 65,0 43,0 29 4,5 2,2

Trabalhabilidade:
Madeira sem maiores problemas no trabalhar, tanto manualmente como com máquinas.
Aceita bem pregos e parafusos.
Não apresenta problemas de colagem e recebe bom acabamento.

Indicações de Uso:
Em construção civil como ripas, caibros, tábuas em geral, esquadrias, caixilhos, molduras, forros e lambris; móveis e similares, folhas faqueadas decorativas, compensados, etc.
Pela aparência pode substituir o Mogno, assemelhando-se também ao Cedro. Quando serrada no sentido radial apresenta desenho atraente.

 
1999/2017 Guia do Marceneiro ®  -  Criado e mantido por Sidney G. Cury