Fórum:   
Esqueceu?
Guia do Marceneiro
FERRAGENS PARA MARCENEIROS E MARCENARIAS - CUPIÚBA
 
CUPIÚBA
Nome Científico:
Goupia glabra Aubi, Goupiaceae.

Outro nomes e Espécies Afins:
No Maranhão é conhecida por Cachaceiro, e no Mato Grosso por Peroba do norte.

Descrição da Árvore:
Árvore de grande porte, atingindo normalmente de 25 a 30 metros de altura e de 80 a 120 cm de diâmetro.
Sua casca é fibrosa, de superfície escamosa.

Características da Madeira:
Cerne bege-rosado a acastanhado, uniforme, ou as vezes com veios mais escuros, pardo rosados; alburno não muito diferenciado.
Grã direita a irregular, textura média, superfície com pouco brilho.
Apresenta cheiro característico e desagradável quando verde, gosto imperceptível.

Região de Ocorrência:
Ocorre em matas de terra firme em toda a região Amazônica, tanto em terrenos arenosos como argilosos.

Propriedades Físico-Mecânicas:
A madeira de Cupiúba é pesada e apresenta retratibilidade volumétrica e resistência mecânica médias. Boa resistência ao apodrecimento.

Massa específica g/cm³ kg/m³
Aparente(15% de umidade) 0,87 870
Básica 0,71 710
Retração Total Radial Tangencial Volumétrica
(%) 4,8 9,1 16,1
Índice tangencial/radial = 1,90
Resistência Mecânica (kgf/cm²) Madeira Verde A 15% de umidade
Compressão axial 518 685
Flexão estática 986 1.245
Tração normal 69 -

Comportamento Durante a Secagem:
Seca lentamente ao ar livre, sem muitos problemas de rachaduras ou empenamentos.
Na secagem em estufa apresenta ligeira incidência de defeitos.

Programa de secagem sugerido para madeira de CUPIÚBA
com até 38 mm de espessura.
Umidade Ts (°C) Tu (°C) UR (%) UE (%) Potencial
aquecimento 50,0 49,0 95 21,5 -
até 50 50,0 48,0 89 18,0 3,1
50 50,0 47,0 84 15,8 3,1
40 50,0 46,0 79 14,0 2,9
30 55,0 49,5 73 11,7 2,6
25 65,0 58,0 68 9,9 2,5
20 70,0 59,0 59 8,0 2,5
15 70,0 54,0 45 6,1 2,5
10 70,0 46,0 27 4,1 2,5

Programa de secagem sugerido para madeira de CUPIÚBA
com espessura de 40 mm a 65 mm.
Umidade Ts (°C) Tu (°C) UR (%) UE (%) Potencial
aquecimento 40,0 39,0 94 21,6 -
até 50 40,0 38,5 91 19,8 2,5
50 40,0 38,5 91 19,8 2,5
40 40,0 38,0 88 18,3 2,2
30 45,0 42,5 86 17,0 1,8
25 50,0 46,5 81 14,7 1,7
20 60,0 54,5 74 11,8 1,7
15 60,0 51,0 60 8,8 1,7
10 60,0 44,0 38 5,8 1,7

Trabalhabilidade:
De fácil trabalhabilidade com ferramentas manuais ou com máquinas.
Fácil de serrar, aplainar, tornear, colar e parafusar.
O uso de pregos sem furação prévia pode provocar rachaduras. Recebe bom acabamento.

Indicações de Uso:
Em construções externas como estruturas, postes, moirões, dormentes, cruzetas; em construções internas como vigas, caibros, ripas, tacos e tábuas de assoalho, marcos ou batentes de portas e janelas; mobiliário de madeira sólida, torneados, carrocerias, etc.

 
1999/2017 Guia do Marceneiro ®  -  Criado e mantido por Sidney G. Cury