Abrindo
Guia do Marceneiro
DICAS E TÉCNICAS PARA MARCENEIROS - TRABALHANDO COM CHAPAS
 
TRABALHANDO COM CHAPAS
Trabalhar com chapas é bem mais fácil do que trabalhar com madeira maciça.
Devemos começar por escolher bem as chapas na hora de comprar:

Nunca compre chapas empenadas ou que estejam se descolando.
Tenha cuidado para não comprar chapas muito baratas e cheias de defeitos, como lombadas em sua superfície, descolamento de suas lâminas, buracos, etc.
As melhores chapas também são as mais caras. Não caia na conversa do vendedor que te dirá "essa é a mesma coisa" ou "pode levar que eu garanto".
Na verdade essa garantia não existe! Não vai adiantar você brigar depois que já tiver cortado a chapa, pois eles não vão trocá-la de jeito nenhum.

Depois de ter comprado as melhores chapas, você deve dar uma olhada no
cálculo do material (Veja "Calculando o Material") para corta-las sem erros.
  • Confira o esquadro da chapa. Algumas chapas vêm fora do esquadro e isso pode comprometer o serviço.
  • Utilize um esquadro de encosto (com borda em alto relevo) para conferir.
  • Se você possui uma serra estacionária (veja Máquinas pesadas), seu trabalho será bem mais fácil, bastando colocar um cavalete ao lado e outro à frente e ao lado da serra, para apoiar a chapa durante o corte: este procedimento é dispensável caso tenha uma serra esquadrejadeira.
  • Ajuste o batente da serra na medida do corte e, em seguida, apóie uma extremidade da chapa sobre a borda da bancada da serra e a outra extremidade apoiada no chão, em seguida ligue a serra.
  • Com as mãos, levante a extremidade apoiada no chão até que fique alinhado com a bancada da serra.
  • Mantenha-se atrás da chapa e olhe sempre se a chapa esta bem encostada e alinhada ao batente da serra.
  • Nunca force excessivamente a chapa contra a serra.
  • Mantenha a chapa alinhada e segure firme para evitar arrancos.
  • Empurre a chapa em direção a serra sempre devagar e sem forçar o motor.
  • Confira o alinhamento da chapa com o batente e certifique-se que fique alinhada até o final do corte.
  • Se perceber que a velocidade do motor diminuiu, pare de empurrar por alguns segundos até que volte a sua velocidade normal.

 
1999/2017 Guia do Marceneiro ®  -  Criado e mantido por Sidney G. Cury