Abrindo
Guia do Marceneiro
DICAS E TÉCNICAS PARA MARCENEIROS - COMO COMEÇAR
 
COMO COMEÇAR
Até mesmo os profissionais podem se fazer esta pergunta de vez em  quando. Afinal cada novo trabalho é uma nova experiência.
Imagine então  quando se trata de iniciantes e/ou amadores.
Inicialmente devemos ter um desenho do projeto para que se possa consultar durante a execução da confecção do objeto em questão.
Caso não tenha o projeto e nem saiba fazer, clique AQUI para aprender um pouco sobre isso.
Caso você já tenha um projeto, prenda-o em algum lugar na parede de forma que fique bem visível para você.
Leia o projeto atentamente e tente memorizar as medidas para execução.
Mesmo tendo memorizado as medidas, sempre consulte o projeto antes de qualquer execução.

O DESENHO DO PROJETO
Para criar desenhos de projeto, deve-se levar em conta vários fatores tais como:
  • Espaço disponível para o objeto (espaços do comprimento, Largura,  profundidade e altura disponíveis no local).
  • Espaço para articulação de peças móveis.
  • Probabilidade de modelos apropriados para o local, conforme espaço disponível, semelhante às demais mobílias ou a gosto do cliente.
  • Se existe disponibilidade ou não da matéria prima desejada para aquisição.
Estes são apenas alguns dos principais fatores que devem ser observados e respeitados pelo projetista. Um bom projetista não é aquele que apenas sabe desenhar, ele deve ter sensibilidade para saber qual o melhor modelo e qual a melhor forma de execução do seu projeto.
Deve-se levar em conta que, nem todo mundo tem o mesmo gosto. Por tanto, deve-se ouvir com atenção o desejo do seu cliente a fim de satisfazê-lo, mesmo que isto resulte em um móvel que, para o projetista, pareça de mal gosto.

TRAÇANDO A MATÉRIA PRIMA
Marcação da chapa

Para não haver desperdício de matéria prima, temos que traçá-la antes de começar a cortá-la.
No caso de chapas, devemos desenhá-las num papel qualquer, em seguida, traçar as peças no desenho da chapa, até conseguirmos aproveitamento máximo para o corte.

A imagem ao lado mostra um exemplo de como podemos fazer o traço do corte das chapas.
Basta fazer o desenho da chapa em papel e ir traçando o corte das peças.




AS ESTRUTURAS DOS MÓVEIS
É fundamental que nos preocupemos com a estrutura dos móveis.
Um móvel bem estruturado é mais resistente e durável.
Não é necessário que a estrutura seja cheia de encaixes e parafusos, basta ser bem calculada, devidamente desenhada e montada para sua função.

Em casos onde os móveis são estruturados com madeira maciça, devemos nos certificar que ela esteja bem seca.
Madeiras úmidas tendem a murchar com a perda dessa umidade, assim, os encaixes irão apresentar frestas e podem acabar se soltando, principalmente no caso das espigas.

USANDO MOLDURAS
Exemplo de molduras

As molduras dão um toque especial, porém devemos limitar a quantidade de moldura a serem aplicadas nos móveis.
O excesso de moldura pode tornar o móvel feio ao invés de bonito.
Também devemos escolher bem os tipos de moldura para cada estilo de mobília.
Um mostruário com vários tipos de moldura pode auxiliar o cliente na escolha do estilo que o agrada mais.
Devemos sempre ajudar na escolha da moldura, explicando ao cliente qual o melhor formato para o estilo de seus móveis.

 
1999/2017 Guia do Marceneiro ®  -  Criado e mantido por Sidney G. Cury